Será possível mudar o mundo?

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Será possível mudar o mundo?

A vida das pessoas com deficiência no Brasil e em outros lugares do mundo é difícil. É permeada de olhares, preconceitos e muitas dificuldades até mesmo na hora de exercer a cidadania cobrada pela sociedade mais atuante. Todos no mesmo barco, cada qual sente o peso das suas limitações desde a hora que acordam até a hora de dormir. Há os mais revoltados, mas também há aqueles que são mais tranquilos e serenos. Será que podemos mudar o mundo, com nossas vivências doloridas, sentidas na pele e adaptadas da forma “que dá”?
Interessante seria você, leitor sem deficiência, que tem sua liberdade andante se imaginar na situação: Em uma viagem, fora do Brasil, depois do jantar de um longo dia de passeio e caminhada, exausto de tanto “bater perna”, no nosso caso “rodas”, algo que cansa tanto quanto quem caminha por conta do esforço e da trepidação, depois de aguardar um bom tempo por um taxi, quando avistado nega a parada porque você está com um amigo que é cadeirante! E agora? Esperamos o próximo ou iremos a pé? Rodando mais uma vez!

Estas coisas acontecem sim, infelizmente. Muitas vezes quando temos um dia de bom humor somos capazes de relevar, mas quando o balde enche com a última gota é preciso derramá-lo. Já fui do tipo “boto a boca”, baixinha explosiva, sabe? Amadureci e depois do meu acidente as coisas são mais leves pra mim. Hoje minha postura é mais do tipo que consegue respirar, contar até 10, e conversar, talvez em tom alto, mas sem “barraco”.

Hoje presido uma associação e percebi que ganhamos muito mais quando somos aliados de quem nos pode ajudar. É claro que com o limite do bom senso, da seriedade e principalmente da honestidade! No meu ponto de vista, antes da briga, deve haver muito diálogo, sugestão, cobrança e por último agente parte para algo mais, isso se for preciso porque hoje temos alternativas sérias e efetivas como o ministério público e a promotoria que defende nossos direitos.

Dou aqui dois exemplos:

- Fui assistir a um espetáculo com minha filha pequena, desde dezembro de 2013 existe uma lei que garante a meia-entrada para PCDs. Não constava nos tipos de ingressos esta categoria para obter o desconto de direito. Entrei em contato com a produtora do evento e perguntando sobre se havia ou não o desconto já citei a lei no primeiro momento. Fui informada, e não precisei sequer comprovar ou argumentar, desconto recebido!

- Me associei esta semana em uma entidade profissional de meu interesse. Quando fui ver os valores de anuidade percebi que havia descontos de 50% para estudantes e sêniores, resolvi escrever um e-mail sugerindo que a entidade contemplasse as pessoas com deficiência e ali citei vários motivos para isso. Resultado: recebi o mesmo desconto e a presidente escreveu-me dizendo que este será disponibilizado para todas as pessoas que comprovarem deficiência em nossa classe profissional! Senti-me feliz e vitoriosa!

Em pequenos grãos de areia acumulados durante uma vida é que construiremos um mundo melhor! Sei que nem sempre é possível que seja assim, com tranquilidade e diálogo, mas este é o ideal! Paz em nossos espíritos e o sentimento de dever cumprido!
Abraço!
Débora

6 comentários

  1. Olá, gostaria de saber mais a respeito desse desconto concedido na entidade profissional, qual foi a entidade e como vc solicitou? Gostaria de saber se no meu caso poderia usar esse desconto para emissão do meu registro como Contadora no CRC-RJ.
    Meu e-mail gleicefranca15@gmail.com
    Desde já obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gleice, sou tradutora, a entidade foi a ABRATES, associação basileira de tradutores e interpretes. Eu parti da premissa de que eles dão o desconto para estudantes e pessoas com mais de 60 anos... podes te informar sobre a politica dos contadores e negociar com a tua entidade!

      Excluir
  2. Muito difícil para uma pessoa humilde e sem os recursos da. Gramática e da formalidade do diálogo, quem vive em periferia é tratado como um estorvo aquém anda de ônibus e não tem um carro para ser transportado, sem estudo, não por falta de vontade de ter estudado, mas pelas dificuldades de trabalhar e estudar, um pedreiro, não sai do trabalho em condições físicas e estéticas para estudar, entrar em um ônibus que possa levar-me para casa é muito difícil e demorado, oque quando chega já está transbordando e tão pouco o que se ganha, pois com 700,00 por mês comer é a prioridade, as coisas são difíceis para quem sem condições esperam ter o tratamento que as senhoras. Desculpem!!!

    ResponderExcluir
  3. ANO NOVO, VIDA NOVA

    Todo mundo sempre costuma repetir: “Ano Novo, vida nova”. Mas até que ponto sabemos realmente medir o peso desta afirmação e a colocamos em prática?

    Se no ano que passou, você não conseguiu atingir suas metas, concretizar sonhos, acumulou mágoas e não superou desafios inesperados, agora é a hora de abrir as janelas da mente e do coração para o futuro.

    É importante captar mensagens externas e não esquecer de olhar para dentro de si porque o caminho para uma vida nova passa, impreterivelmente, por nosso universo interior.

    A mutação de seu momento atual, enfim, depende exclusivamente de você. Depende do seu trabalho mental, em acreditar e realizar. Nada, nem ninguém poderá fazer isso por você.

    A ajuda pode, sim, vir de fora, mas o impulso deve partir de você. Independentemente de sua situação atual.

    Em primeiro lugar, questione com honestidade: “eu realmente quero mudar minha vida?”

    Se a sua resposta for afirmativa, então é hora de mexer-se porque o Ano Novo está ai.
    Para que isto dê realmente certo, é necessário, antes de tudo, se permitir mudar.

    O próximo passo é derrubar aquelas barreiras internas tão prejudiciais, como o preconceito consigo próprio, o medo, a inveja e o rancor.

    E, não esqueça, o mundo ao seu redor apenas reflete o que você é.

    Feliz Ano Novo!


    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/accao-do-dia/ano-novo-vida-nova!/#ixzz3vcNka4CE

    CARTA DE ANO NOVO

    "Ano Novo é também oportunidade de aprender, trabalhar e servir. O tempo como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para necessária ascensão.

    Lembra-te de que o ano em retorno, é novo dia a convocar-te para a execução de velhas promessas que ainda não tivestes a coragem de cumprir.

    Se tens inimigos faz das horas renascer-te o caminho da reconciliação.

    Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente.

    Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir.

    Se a tristeza te requisita esquece-a e procura a alegria serena da consciência tranquila no dever bem cumprido.
    Ano Novo! Novo Dia!

    Sorri para os que te feriram e busca harmonia com aqueles que te não entenderam até agora.

    Recorda que há mais ignorância que maldade em torno de teu destino.

    Não maldigas nem condenes.

    Auxilia a acender alguma luz para quem passa ao teu lado, na inquietude da escuridão.

    Não te desanimes nem te desconsoles.

    Cultiva o bom ânimo com os que te visitam dominados pelo frio do desencanto ou da indiferença.

    Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: - Ama e auxilia sempre. Ajuda aos outros amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração."

    Espírito Emmanuel, Francisco Cândido Xavier, livro "Vida e Caminho" por Espíritos Diversos

    Fonte: AEE

    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/portugal/carta-de-ano-novo-53922/#ixzz3voFKgKVg






    ResponderExcluir
  4. ANO NOVO, VIDA NOVA

    Todo mundo sempre costuma repetir: “Ano Novo, vida nova”. Mas até que ponto sabemos realmente medir o peso desta afirmação e a colocamos em prática?

    Se no ano que passou, você não conseguiu atingir suas metas, concretizar sonhos, acumulou mágoas e não superou desafios inesperados, agora é a hora de abrir as janelas da mente e do coração para o futuro.

    É importante captar mensagens externas e não esquecer de olhar para dentro de si porque o caminho para uma vida nova passa, impreterivelmente, por nosso universo interior.

    A mutação de seu momento atual, enfim, depende exclusivamente de você. Depende do seu trabalho mental, em acreditar e realizar. Nada, nem ninguém poderá fazer isso por você.

    A ajuda pode, sim, vir de fora, mas o impulso deve partir de você. Independentemente de sua situação atual.

    Em primeiro lugar, questione com honestidade: “eu realmente quero mudar minha vida?”

    Se a sua resposta for afirmativa, então é hora de mexer-se porque o Ano Novo está ai.
    Para que isto dê realmente certo, é necessário, antes de tudo, se permitir mudar.

    O próximo passo é derrubar aquelas barreiras internas tão prejudiciais, como o preconceito consigo próprio, o medo, a inveja e o rancor.

    E, não esqueça, o mundo ao seu redor apenas reflete o que você é.

    Feliz Ano Novo!


    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/accao-do-dia/ano-novo-vida-nova!/#ixzz3vcNka4CE

    CARTA DE ANO NOVO

    "Ano Novo é também oportunidade de aprender, trabalhar e servir. O tempo como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para necessária ascensão.

    Lembra-te de que o ano em retorno, é novo dia a convocar-te para a execução de velhas promessas que ainda não tivestes a coragem de cumprir.

    Se tens inimigos faz das horas renascer-te o caminho da reconciliação.

    Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente.

    Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir.

    Se a tristeza te requisita esquece-a e procura a alegria serena da consciência tranquila no dever bem cumprido.
    Ano Novo! Novo Dia!

    Sorri para os que te feriram e busca harmonia com aqueles que te não entenderam até agora.

    Recorda que há mais ignorância que maldade em torno de teu destino.

    Não maldigas nem condenes.

    Auxilia a acender alguma luz para quem passa ao teu lado, na inquietude da escuridão.

    Não te desanimes nem te desconsoles.

    Cultiva o bom ânimo com os que te visitam dominados pelo frio do desencanto ou da indiferença.

    Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: - Ama e auxilia sempre. Ajuda aos outros amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração."

    Espírito Emmanuel, Francisco Cândido Xavier, livro "Vida e Caminho" por Espíritos Diversos

    Fonte: AEE

    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/portugal/carta-de-ano-novo-53922/#ixzz3voFKgKVg






    ResponderExcluir

 

Idioma

Contato

cadeirantes.life@gmail.com

FACEBOOK

INSTAGRAM @cadeirantes_life

Cia de Dança Loucurarte

Receba por e-mail

Digite seu e-mail:

DESTAQUE

Dicas para PCD encontrar emprego

Se você é uma pessoa com deficiência, deve saber que encontrar um emprego satisfatório e bem remunerado é duas vezes mais difícil do que ...

Entrevistas