Daniele Fernandes: Se beber não dirija

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Hoje vamos contar a trajetória sobre rodas da Dany, que foi protagonista da música "Segredos" do cantor Sávollo Lopes, então vamos lá.


Daniele Fernandes - Cadeirantes Life

Para vocês me conhecerem melhor, eu me chamo Daniele Fernandes, mas prefiro ser chamada de Dany, tenho 34 anos, sou carioca, solteira, sem filhos, e sou cadeirante a 11 anos e 5 meses depois de sofrer um grave acidente automobilístico.

Sou agente de educação da operação lei seca, pratico esporte, inclusive em Agosto participei do Mundial de VA'A de Paracanoagem aqui no Rio de Janeiro e recebi a medalha de Prata na minha categoria. Estou no terceiro período em Recursos Humanos.
Sou uma pessoa que gosta de aprender, gosto de estar em harmonia com as pessoas, gosto de ajudar o próximo, sou amiga, companheira, leal, gosto da verdade sempre, por mais que machuque.
Como todo ser humano tenho defeitos também, sou teimosa, um pouquinho egoísta, bem pouquinho, porque gosto de ter total atenção. rs Quem não gosta? Na verdade ninguém é perfeito!
Costumo falar que sou aprendiz da vida, já vivi algumas experiências, mas tenho muito para aprender ainda.
Afinal, a vida é uma escola, e eu, uma aluna curiosa que quer aprender sempre mais. Acho que consegui resumi aqui um pouquinho de mim.
Espero que curtam!!!

Cadeirantes Life - Como foi o acidente em que você ficou cadeirante?
Voltando da balada com meu ex, onde havíamos feito o uso excessivo de álcool, o que na verdade era um hábito nosso nos fins de semana. Ele perdeu a direção do carro na curva, o carro capotou e eu fui expelido pelo porta malas do carro sendo lançada a 23 metros. A minha sorte, foi que ele ficou consciente.
Quando o resgate chegou querendo leva-lo, ele falou que estava acompanhado então, começaram a procurar o meu corpo. Me encontraram no terreno de um sítio, estava praticamente morta.
Resumindo a história que é longa, no acidente eu esfacelei duas vertebras T6 T8, me deixando paraplégica, fratura exposta de clavícula e punho, hemorragia interna, 4 costelas quebradas e traumatismo craniano. Contraí uma infecção hospitalar que muito me prejudicou, me deixando entre a vida e a morte por várias vezes. Foram 4 anos e meio entre idas e vindas casa/hospital e um total de 25 cirurgias.

Cadeirantes Life - Teve apoio do seu noivo após o acidente?
Não. Depois de alguns meses do meu acidente ele me abandonou, literalmente. Essa palavra é um pouco forte, mas é a palavra a ser dita.
Costumo falar que ele amava um corpo, que deixou de existir.

Cadeirantes Life - Hoje você faz parte da equipe de lei seca, acha que ficou com uma missão para passar para as pessoas após seu acidente?
Sim, tenho muito orgulho de fazer parte da Operação Lei Seca. Na verdade, é minha segunda família.
Falo sempre que minha missão é dividir com as pessoas a minha história, contando a minha experiência álcool e direção, e claro, alertando sobre os riscos dessa mistura.
É um trabalho muito importante, que me deu uma nova vida, me tornando útil a sociedade.


Daniele na operação lei seca
Dany em uma de suas operações pela Lei Seca

Cadeirantes Life - E como foi a aceitação a cadeira de rodas e sua reabilitação?
Eu sempre fui vaidosa e por isso, não conseguia me ver em uma cadeira de rodas. Foi muito difícil o começo.
Achava que não poderia ter vida na cadeira.
Mas isso tudo mudou no dia que fiquei de frente ao espelho, estava muito magra, abatida... Ali naquele momento eu teria que escolher entre viver ou me entregar, e fiz a melhor opção. Lutar pela "Vida".
Em 2008 comecei minha reabilitação no Sarah em Brasília, e aprendi a lidar com a minha nova condição física.
Então descobri que poderia sim, ter vida na cadeira de rodas.
E hoje costumo falar que ela não me limita, me leva.
É meu "acessório necessário" 

Cadeirantes Life - Saiu na mídia a pouco tempo o clip do Sávollo Lopes, onde você é a personagem principal do clip. Como foi para você fazer essa participação nesse nível?
Quando recebi o convite por telefone, confesso que fiquei meio desconfiada. Falei com a produtora dele e marcamos no dia seguinte, foi tudo muito rápido.
Já era mesmo vontade de Deus! Me identifique muito com a música.
Na verdade, fui protagonista de uma história que eu mesmo já vivi um dia. 
Tenho certeza que através deste trabalho vou ajudar muitas pessoas. E também, é uma forma de mostrar a sociedade que somos capazes de amar, constituir família, trabalhar e ser útil. Limitações todos nós temos, a minha, é visível. Mas quantas pessoas temos no mundo cheios de limitações?
Fiquei honrada em fazer este trabalho com o Sávollo, que além de um talentoso cantor e lindo, é muito simpático e humano.


Daniele na gravação do clip da música Segredos
Dany na gravação do clip da música "Segredos"

Cadeirantes Life - Um de seus destaques é sua beleza, você como uma bela cadeirante recebe muitas paqueras?
Sem falsa modesta! Não me vejo assim, como as pessoas falam. Mas fico feliz.
Sim, recebo muitos convites e cantadas. Acho que o fato de ser cadeirante não me atrapalha nas paqueras.




Cadeirantes Life - Após o acidente e a reabilitação a quantos porcentos sua vida voltou ao normal até hoje?
Bem, eu faço um balanço a partir do momento que comecei a trabalhar, e posso falar com segurança que até aqui uns 80%.
Porque tenho algumas limitações. Porém, vivo bem com elas.

Queria agradecer ao Blog Cadeirantes Life, pela entrevista, me dando a oportunidade de dividir um pouquinho da minha história com outras pessoas.

Aproveitando para deixar um recadinho:
Pra você que fica pensando que a vida acabou, vamos pular pra cadeira, passar um batom e um blush, e vamos viver!

Afinal você pode e consegue!
Boraaaa ser felizzzz!!!!!

Se quiserem me conhecer, estou no facebook como Daniele Fernandes.

*SEBEBERNÃODIRIJA!!!

3 comentários

  1. Acho importante abrir os olhos das pessoas em relação ao alcool.Eu também sofri um acidente depois de encher a cara em uma festa...A gente sempre acha que não vai acontecer nada.Mas é levantar a cabeça e seguir em frente!Que bom que vc conseguiu seguiu superar!!bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Aldrey, a Dany esta de parabéns pela sua superação!

      Excluir
  2. Parabéns pelo blog,agora vc Dany é um exemplo de vida e superação,amo vc e admiro........

    sucesso.

    ResponderExcluir

 

Idioma

Contato

cadeirantes.life@gmail.com

FACEBOOK

INSTAGRAM @cadeirantes_life

Cia de Dança Loucurarte

Receba por e-mail

Digite seu e-mail:

DESTAQUE

Dicas para PCD encontrar emprego

Se você é uma pessoa com deficiência, deve saber que encontrar um emprego satisfatório e bem remunerado é duas vezes mais difícil do que ...

Entrevistas