Modelos de Cadeira de Rodas e suas Características

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Bom pessoal, hoje vamos falar da nossa amiga de muitas batalhas, claro que é a cadeira de rodas. Existem inúmeros modelos de cadeiras de rodas, mas vamos falar dos principais hoje e não vamos falar das motorizadas.


Modelos de Cadeira de Rodas e suas Características


Podemos dividir as cadeiras de rodas de mercado em dois grandes grupos

1- Cadeiras para Auto locomoção

2- Cadeiras sem Auto locomoção.

Cadeiras para auto locomoção – Como o próprio nome diz são cadeiras para pacientes que se auto locomovem, ou seja, indivíduos capazes de se deslocar através da aplicação de força no aro de propulsão das rodas traseiras, dentro deste grupo temos ainda vários modelos, estes modelos se diferenciam com relação à alguns aspectos que vamos ver adiante.

Forma de fechamento – Uma cadeira pode ter basicamente dois tipos de fechamento, em X, ou monobloco, as cadeiras com fechamento em X são aquelas que ao levantar a lona do assento ela aproxima suas laterais e fica mais fina facilitando o transporte, as cadeiras com fechamento do tipo monobloco em geral tem o um dispositivo no encosto que permite que o mesmo seja rebatido sobre o assento para o transporte.


Cadeira com fechamento X
Cadeira com fechamento X

Em geral, esta escolha esta baseada em atividades de vida diária e formas de transporte, no entanto sabemos que cadeirantes bastante ativos tem preferência por cadeiras do tipo monobloco que em geral são também mais esportivas, as cadeiras com fechamento em X podem começar a ficar com muito jogo no quadro e ter uma durabilidade menor.


Cadeira Monobloco
Cadeira Monobloco

Material – Existem inúmeros materiais disponíveis, mas os principais seriam aço, alumínio e fibra de carbono, a diferença básica esta no peso da cadeira e no surgimento de ferrugem no caso do aço, a fibra de carbono é bastante leve e tem uma alta resistência, no entanto em minha opinião, o custo benefício não compensa, eu ficaria com o alumínio.

Rodas Traseiras – As rodas variam em tamanho assim como as cadeiras, existem aros 16, 20, 24 entre outros, no entanto a principal diferença esta no tipo de pneu, cadeiras com pneus maciços absorvem menos os impactos e a trepidação, enquanto pneus infláveis absorvem melhor. Hoje em dia já existem pneus semi-rígidos, eles não são tão duros como os maciços nem tão macios quando os infláveis mas tem a vantagem de não ter de calibrar com freqüência.

Ainda com relação às rodas, existem vários tipo de rodas importadas, até de fibra de carbono, mas acredito que já seria um assunto muito especifico.

Rodas Dianteiras – Assim como as traseiras também variam em tamanho e tipo, existem rígidas, infláveis, de gel etc.

Forma de remoção das rodas – As rodas podem ser fixas ou ter um sistema de remoção conhecido como Quick Realese, onde através de um pequeno botão no centro do cubo da rodas, você consegue retirar as mesmas, isto facilita bastante o transporte.

Hoje existem cadeiras com sistemas de Quick Release nas quatro rodas.

Mancal nas Rodas traseiras – Existem cadeiras onde a posição das rodas traseiras é fixa, ou seja, vem de fábrica em uma posição e você não consegue alterar, por outro lado existem modelos que vem com uma peça chamada mancal, este mancal em geral vem com algumas furações que permitem um reposicionamento das rodas traseiras tanto no sentido posterior como para cima ou para baixo.

O mancal pode auxiliar a encontrarmos uma posição mais favorável para a propulsão da cadeira de rodas, pois cada paciente tem uma dificuldade especifica e uma cinemática do movimento de propulsão especifica.

Cadeiras sem auto locomoção – As cadeiras sem auto locomoção como o próprio nome diz não permitem que o paciente se auto locomova, este paciente depende de um cuidador para empurrar a sua cadeira, existem inúmeros motivos para um paciente não ser capaz de propulsionar a sua cadeira, mas os mesmo não serão discutidos neste texto, na verdade esta divisão não é perfeita, pois nada impede que um paciente que não seja capaz de se auto locomover utilize um modelo de auto locomoção com o qual será empurrado por outra pessoa.




Na verdade os modelos que veremos a seguir são destinados principalmente a pacientes ainda sem controle cervical ou em processo de desenvolvimento do mesmo.

Estes modelos são um pouco mais parecidos entre si, no entanto temos alguns aspectos que os diferenciam

Material – Aço ou alumínio

Forma de fechamento - e bastante parecida para todos os modelos, em geral a parte superior que compreende o sistema de assento e encosto pode ser separada do retante do quadro

Rodas traseiras – podem ser infláveis ou semi-rigidas.
Rodas dianteiras - podem ser infláveis, semi-rigidas ou maciças.
Forma de remoção das rodas – Pode ser fixa ou com sistema quick realease

Caso queira conhecer a história da nossa amiga acesse o post: O Surgimento da nossa amiga Cadeira de Rodas 




Como higienizar a almofada da cadeira de rodas?
Gambiarras de Cadeirantes
Quatro Considerações antes de escolher sua cadeira de rodas


Um comentário

  1. Perguntei no local errado mas está valendo eu pretendo comprar uma nova cadeira de preferência monobloco pelas minhas condições financeiras q seria até 2000,00$ qual vcs me indicam já q a star lite da ortobras q foi a mais em conta q achei dizem q não presta desde já agradeço

    ResponderExcluir

 

Idioma

Contato

cadeirantes.life@gmail.com

FACEBOOK

INSTAGRAM @cadeirantes_life

Cia de Dança Loucurarte

Receba por e-mail

Digite seu e-mail:

DESTAQUE

Dicas para PCD encontrar emprego

Se você é uma pessoa com deficiência, deve saber que encontrar um emprego satisfatório e bem remunerado é duas vezes mais difícil do que ...

Entrevistas