Medo e coragem para enfrentar

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Medo e coragem para enfrentar

Há pessoas que tem o entendimento que presentear não é somente oferecer algo de valor comercial ou estético, ou ainda aquela realização de um desejo, há presentes que deixam legado, aprendizado e marcas que podem transformar uma vida. Recebi um presente de dia das mães que valeu ouro. A escola onde minha filha estuda deu para as mães o convite para uma palestra com o professor e filósofo Mário Sérgio Cortella. O tema era ética, família e sociedade. O evento foi realizado por um grupo de apoio à adoção da minha cidade, chamado DNA da Alma e que tem um trabalho exemplar.

Não poderia se ter um momento melhor para falar desse tema no Brasil. Ética!!! Quanto estamos precisando refletir sobre ela! Quanto importante pensar sobre ética dentro da nossa família!! Sim porque ela rege toda e qualquer relação na sociedade. A ética é formada por princípios que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo a respeito da essência das normas, valores e prescrições presentes em qualquer realidade social.

Mas o motivo pelo qual escrevo vai muito além da temática da palestra, porque tudo que é dito por alguém encontra lugar na realidade de cada um de nós. E pra mim, especificamente naquele dia e momento, as palavras tiveram um significado muito especial, me fizeram parar e pensar no quando me deixo abalar por minhas limitações e o quanto elas podem me limitar além da realidade da deficiência propriamente dita.

O dia da palestra era um dia frio, quem é tetra sabe que o frio é algo aterrorizante pra nós. Se não bastasse o frio, o dia pra mim era cinza! Estava vivendo um momento dolorido, daqueles em que as limitações doem além do normal e por muito pouco quase desisti de ir. O convite era pra mim e não havia mais ingressos à venda para alguém pudesse ir comigo; o desafio era ir sozinha, no frio e lidar com minhas dificuldades de ir e vir, lidar com o medo de estar sozinha em um lugar desconhecido, que, aliás, descobri ser uma das maiores dificuldades que tenho hoje.

Chorei muito ao refletir sobre todas estas possibilidades e não admitia não ir ao evento, não queria desistir, mas foi por muito pouco. Algumas alternativas surgiram em uma conversa com a pessoa que mais sabe de mim e que é capaz de instigar meu lado forte e corajoso para enfrentar os meus medos, meu maridão. Alguns contatos para garantir que eu poderia ir com minha cadeira de rodas motorizada, que o acesso estava garantido e decidi que sim, que iria enfrentar meus medos.

Talvez você leitor não compreenda o que significam pra mim meus medos e o tipo de coisa que me intimida. Possam talvez pensar, nossa que bobagem ter medo de ir sozinho a algum lugar, ou ainda, possam achar que a melhor coisa poderia ser sair sozinho para algum lugar, até porque eu não fazia isso talvez há 10 anos!!! Ou seja, nunca, desde a minha condição de cadeirante e tetra. Mas como eu costumo sempre dizer, cada um sabe da sua dor!

Cortella falou muito dos medos, e me vi ali, enfrentando os meus! E ele frisou muitas vezes da importância do medo, que é o que nos dá cautela, o que nos deixa em alerta para aquilo que pode ser perigoso, mas principalmente, falou da importância de enfrentá-lo!! Dei-me conta que é preciso coragem, não foi fácil decidir estar lá, secar as lágrimas, pedir ajuda e dizer sim, eu vou! Mas foi tão significativo pra mim, abriu meus horizontes para que eu não desista de fazer algo que possa ser significativo pra mim.

Foi uma noite de intenso aprendizado, de reflexão sobre vários lados desta moeda, sobre as relações como pais e filhos, sobre a minha relação pessoal com o mundo e a sociedade, com nosso papel de não desistir de lutar por nossos direitos, não cochilarmos nesta função de cidadãos para construirmos uma sociedade mais igualitária, menos excludente e mais justa.

E o seus medos quais são? E você já parou para pensar se tem coragem para enfrentá-los?

Conte pra a gente!


Cadastre seu e-mail em nosso FeedBurner e receba por e-mail as novidades do "Universo Cadeirante" em seu e-mail. NÃO ESQUEÇA de após o cadastro fazer a confirmação pelo link que vai receber no seu e-mail.
Cadastre -> http://bit.ly/1GaCTXK


Nenhum comentário :

Postar um comentário

 

Idioma

Contato

cadeirantes.life@gmail.com

FACEBOOK

INSTAGRAM @cadeirantes_life

Cia de Dança Loucurarte

Receba por e-mail

Digite seu e-mail:

DESTAQUE

Dicas para PCD encontrar emprego

Se você é uma pessoa com deficiência, deve saber que encontrar um emprego satisfatório e bem remunerado é duas vezes mais difícil do que ...

Entrevistas