Empresa americana cria balão adaptado para cadeirantes

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014


Uma empresa de entretenimento e aventura está fornecendo recursos que têm sido raramente disponível para clientes cadeirantes. Isso representa mais um salto em permitir que as pessoas com deficiência possam desfrutar dos mesmos passatempos e emoções que são usufruídos por pessoas sem deficiência a cada dia, e isso prova  que o céu é o limite-para todos.



Neste caso, a aventura em questão é a simples capacidade de fazer passeios em balões de ar quente. Kevin Cloney, proprietário do Amor baseado em Las Vegas (nome do projeto), acrescentou um balão especialmente concebido para a sua frota, que é equipado com uma cesta personalizada feita para acomodar uma cadeira de rodas.




Este balão é apenas o quinto deste tipo nos Estados Unidos e foi projetado por um designer também americano. Levou meio ano para montar. As características da cesta incluem uma rampa de policarbonato quase inquebrável que pode virar-se para tornar-se uma parede da cesta do balão. O cadeirante fica amarrado por um cinto idêntico ao usado por pilotos de corrida. 




O policarbonato é também uma forma transparente de plástico, para que o cadeirante também possa possa observar as vistas de tirar o fôlego.




O projeto surgiu após Cloney e sua noiva, Vickie Smith, levar um passageiro com problemas de mobilidade em seu balão e tinha muitos problemas para o cadeirante entrar e sair do balão, acabou resultando na mulher ter que rastejar para fora do cesto , que tinha sido inclinado para um lado. Neste ponto, eles decidiram que era hora de começar uma cesta projetada para acomodar as pessoas com problemas de mobilidade. Eles finalmente conseguiram uma parceiria com Lindstrand, e sua nova cadeira de rodas esta certificada pela FAA(Administração federal de aviação) estava pronto para voar. Desde então, dezenas de clientes em cadeiras de rodas tomaram voos no Chariot of Fire.

Shannon Burkett, 57 anos, foi um dos primeiros passageiros para pegar o balão. Burkett sofre de artrite grave e hipertensão pulmonar, sendo que ambos confiná-la em uma cadeira de rodas. 




"Meu pai tinha sido um piloto, e eu amei levantar voo", disse Burkett. "Mas eu tinha estado em uma cadeira de rodas por dois ou três anos, estou com obesidade mórbida eu nunca sonhei que eu seria capaz de fazer isso."

Após o voo, Burkett estava exultante. "Eu só comecei a chorar, eu estava tão feliz", disse ela. "Foi um dos momentos mais bonitos da minha vida."




O presente inesquecível de seu amigo se tornou um traço de para a mudança; Shannon entrou para o Vigilantes do Peso, e ele está muito empenhado nisso.

Aqui está um vídeo da empresa de balões de ar quente que leva os passageiros de cadeiras de rodas para o 'passeio de sua vida'! 

Veja o vídeo:


Se você tiver dúvidas ou ideias para novos posts, mande para cadeirantes.life@gmail.com 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

 

Idioma

Contato

cadeirantes.life@gmail.com

FACEBOOK

INSTAGRAM @cadeirantes_life

Cia de Dança Loucurarte

Receba por e-mail

Digite seu e-mail:

DESTAQUE

Dicas para PCD encontrar emprego

Se você é uma pessoa com deficiência, deve saber que encontrar um emprego satisfatório e bem remunerado é duas vezes mais difícil do que ...

Entrevistas